A Sociedade Brasileira de Sociologia tem recebido, nos últimos meses, frequentes denúncias relatando demissão de professores de sociologia da Educação Básica devido à supostas orientações ideológicas que deveriam ser evitadas e até combatidas. A partir dessas denúncias a SBS se manifesta publicamente repudiando com veemência o cerceamento da liberdade docente, para ler a nota na íntegra acesse aqui.